quinta-feira, 20 de agosto de 2009

Não se Esqueça Daquilo Que Realmente É Importante


Certa manhã, Carl Coleman estava indo de carro para o trabalho e bateu no pára-lama de outro carro. Ambos pararam, e a mulher que dirigia o outro carro desceu para ver o estrago.


Ela ficou angustiada. Assumiu a culpa e disse que seu carro era novinho em folha. Fazia dois dias que havia saído da loja. Ela estava com medo de enfrentar o marido.


Coleman agiu com simpatia, mas precisava apresentar seus documentos e ver os dela. Ela retirou do porta-luvas um envelope contendo os documentos. Na frente dos documentos, escritas com a letra característica de seu marido, estavam estas palavras:


"Em caso de emergência, lembre-se, querida: é você que eu amo, e não o carro."


Paul Harvey

11 comentários:

Pensador Louco disse...

Grande postagem, o texto é muito bom. Abração.

Débora Francis disse...

Ás vezes nos atormentamos por coisas que não tem tanto valor, o medo de que algo material se danifique e a consequencia desses danos. Temos que entender que o que nos faz não é o que temos mas sim o que somos. E o amor nos faz melhor. Me fez lembrar de uma frase: "leva-se os aneis, mas ficam os dedos".

Parabéns Pastor por este lindo texto reflexivo.
Abraços

Principe Encantado disse...

Verdade devemos estar libertos das coisas materiais, existem coisas de muito mais valor em nossas vidas.
Abraços forte

Denise disse...

E quanto élamentavel quando percebemos a inversão de valores não é.

Linda a historia e lindo o bilhete.
carinho

amigodcristo disse...

Linda reflexão Pr,muito obrigado por repassar são historia como essa que devemos guardar emnossa mente!!!

LL disse...

Muito bom o texto. Parabéns!
Quantas vezes não damos o devido valor a quem merece!

Abraços
Luísa

Viviane Righi disse...

Nossa, que lindo!
Uma verdadeira lição de amor...

Adorei passar por aqui!

Abraços e até breve...

A filha única disse...

Eu sou dona de fazer isso, me afoito, penso que se eu contar algo que fiz, ou tomar outra decisão, vão me 'apedrejar' e etc. Depois descubro que se eu contasse ia ser completamente diferente :/

beijos!

Gerson Bastos disse...

Muito inspirador.
Gostei

Abraços

Sissym disse...

Nossa, este marido existe mesmo?!!?!!
Na verdade eu conheço casais fantásticos, onde o marido demonstra total carinho e dá valor à sua esposa. Realmente o que nos interessa senão o ser humano?! Material não podemos levar para a eternidade...

Pollyanna Carvalho disse...

Muito bom , me identifiquei bastante, pois me apavoro por qualaquer coisa esquecendo que Deus tem o melhor para mine que certas coisas acontecem para você aprender alguma lição


aparece lá no meu blog..